Realizadora e produtora cultural, formada em jornalismo e com uma especialização em realização de documentários. Actualmente Luísa Sequeira está a fazer um Doutoramento em Arte dos Media.

Fez parte da equipa inicial do projecto NTV, um canal de televisão com o conceito de jornalista ” multimédia”.

Neste canal, além de fazer parte da equipa de redação , começou por apresentar diariamente o programa “Cumplicidades”, um magazine de entrevistas a personalidades da vida cultural portuguesa.

Durante 10 anos trabalhou em televisão produzindo e coordenando vários  projectos na área da televisão, vídeo-instalação e documentário.

Realizou o documentário Mulheres no Palco para a RTP – Um documentário que retrata a preparação da peça “A Mais Velha Profissão” de Paula Voguel.

Autoria, coordenação e apresentação do programa “Fotograma” da RTP, dedicado à promoção do cinema em língua portuguesa, durante mais de 100 episódios deu a conhecer o melhor do cinema em língua portuguesa. Foi comentadora da Rubrica de cinema português no programa “Cinemax”,  fez reportagens para o programa de rádio da  Antena 1, “Sala 1”.

Recentemente fez curadoria das longas-metragens portuguesas na 5a edição do CINEPORT. Desde 2010, é directora artística e de programação do Shortcutz no Porto, um movimento internacional e semanal dedicado às curtas-metragens.

Realizou o projecto audiovisual “Porto sem Nó”, vencedor da Mostra Competitiva de Pilotos Brasileiros, do Festival Internacional de Televisão do Rio de Janeiro.

Luísa Sequeira é diretora e curadora desde 2010 do Shortcutz Porto ( festival de curtas -metragens que conta com mais de 200 edições).

Luísa é a diretora de programação do Super 9 Mobile Film Fest ( primeiro festival português dedicado a filmes realizados com telemóvel), o  Super 9 Mobile Film Fest já está na 5ªedição.  No jurado do Super 9  está presente JAN HARLAN, produtor do Kubrick, Selton Mello  ( actor e realizador brasileiro), Isabel Ruth ( actriz), João Coutinho ( diretor artístico) Paulo Furtado ( artista, músico), Pedro Serrazina ( realizador de animação) , Ana Miranda ( Art Institute).

Desde 2012 que faz a curadoria das “Curtas da Casa” no Douro Film Harvest.

Realizou com o artista plástico  Sama a série de televisão  ” Motel Sama” ( séries de animação exibida no Canal Brasil)

Cinema

Realizou a curta-metragem documental ” Os Cravos e a Rocha” filme que foi exibido em mais de vinte festivais, entre eles: ( O Festival Luso Brasileiro, Indielisboa, Desobedoc, Primavera do Cine, Festival internacional de curtas-metragens de São Paulo e o Festival do Rio)

Finalizou o filme experimental “La Luna” que teve a sua estreia na BilbauArte no festival de cine y vídeo experimental Bideodromo.

Realizou a curta-metragem”Memória, substantivo feminino”   [Menção honrosa] do Douro Film Festival – Festival Internacional de Cinema Super 8mm do Porto.

Co-realizou com o artista Sama o filme realizado com Telemóvel My Choice ( filme que foi exibido em vários festivais internacionais)

Em 2017 realizou a longa-metragem “ Quem é bárbara Virgínia? ” um documentário sobre a primeira realizadora portuguesa, foi exibido em vários festivais, entre eles (  Doclisboa, Mostra de São Paulo e Festival Internacional de Rotterdam e venceu o prémio para melhor documentário no Caminhos de Cinema Português)

Workshops

Luísa Sequeira realiza vários workshops e oficinas mobile, dedicados às novas narrativas audiovisuais e ao mobile. Análise da democratização do telefone móvel enquanto ferramenta de cinema e o impacto que isso está a ter na cinematografia actual e na sua linguagem.

Mimo

Fest

Mais informações:

Contacto

IMDB